11 de setembro: Dia da Proclamação da República Riograndense

Campo dos Menezes onde foi proclamada a República – Foto: Divulgação

Em 20 de setembro do ano de 1887 o positivista Júlio Prates de Castilhos, defende a comemoração do dia 20 de setembro como o Dia do Gaúcho, pelo jornal A Federação. Foi uma das primeiras manifestações públicas, de peso, em favor do dia 20 de setembro como nossa maior data.


Contudo, tem-se notado um movimento em favor de alteração desta consagrada data para tornar, como real Dia do Gaúcho, o 11 de setembro, em função do ocorrido no ano de 1836, quando o General Farrapo Antônio de Souza Netto proclamou a República Rio-grandense.


Tal fato ocorreu dois dias após a Batalha do Seival onde os republicanos obtiveram larga vitória sobre as forças imperialistas. Deste ato, originou-se a Carta de Independência, passando a revolução a ter um caráter de guerra, ou seja, de uma nação contra outra, bem como a criação da bandeira do Rio Grande do Sul (ainda sem brazão), que perdura até hoje.


Para os que defendem esta corrente (e não são poucos), a declaração de independência da província em relação ao império tem maior significado do que o começo da própria revolução que, de início, não tinha caráter separatista.


Poeta: Léo Ribeiro

E você, leitor do blog!? Qual sua opinião sobre o real Dia do Gaúcho?

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.