Adolescente de 16 anos está desaparecida

Foto: Divulgação/MRO
Foto: Divulgação/MRO

A Polícia Civil de Canguçu faz buscas na BR-392, nas proximidades da Curva da Morte, na tentativa de achar novas pistas sobre o paradeiro de Jaíne Centeno, 16 anos.

O local fica em um matagal, cerca de 200 metros de distância da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em um caminho que leva até a rodovia.

A Ecosul, concessionária que administra a BR-392, está fazendo o serviço de isolamento do trecho.

Familiares e moradores chegam em grande número ao local para acompanhar as buscas.

ENTENDA O CASO
Jaíne Centeno, 16 anos, saiu de casa na noite de sexta-feira (4) para ir a uma festa no Centro de Canguçu e não teria sido mais vista depois das 7h de sábado (5).

De acordo com familiares, ela não levou o aparelho celular, situação que não costuma ocorrer. A adolescente mora perto do local onde ocorreu a festa e, por isso, teria dito a um grupo de amigos que voltaria sozinha para casa.

A ocorrência de desaparecimento foi registrada na Delegacia de Polícia Civil ainda no domingo. Informações sobre o paradeiro de Jaíne podem ser repassadas à Polícia Civil pelos telefones (53) 3252-1105 e 197, ou à família, pelos números 8485-0237 e 9938-9386.

As informações são do site Canguçu On Line

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.