Departamento de Vigilância em Saúde e Meio Ambiente e Secretaria de Obras destacam a gestão das políticas municipais de resíduos sólidos

Morro Redondo vem realizando um importante trabalho na área de resíduos sólidos. Em 2002 o município implantou a central de triagem, com o objetivo de fazer a separação dos resíduos recolhidos e encaminhá-los a reciclagem.

Com o passar dos anos o processo foi se aperfeiçoando. Atualmente os resíduos são recolhidos por funcionários da Prefeitura Municipal, após são encaminhados a central de triagem, onde é feito a separação dos materiais  pela  Associação dos Recicladores de Morro Redondo. De acordo com a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde e Meio Ambiente, Natali Rodrigues Santos, e do secretário de obras, Darlan Guidotti de Mello, cabe destacar a importância do trabalho realizado por estas pessoas que recolhem e separam os resíduos, que muitas vezes não são valorizados.

Em 2010 foi aprovada a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, a mesma traz a obrigatoriedade dos municípios implantaram uma política de coleta seletiva, com destinação final ambientalmente correta aos resíduos, sendo que até 2014 os municípios tem que implementarem um processo de separação dos materiais recicláveis, podendo ir para destino final apenas rejeito (material que não pode ser reciclado). Morro Redondo, antes mesmo da lei federal passar a vigorar, já havia implementado esta política”, defendeu a diretora.

Outros municípios vêm visitando a central de triagem e a área de transbordo para implantarem o sistema municipal. “Já recebemos a visita dos municípios de Arroio do Padre, Pinheiro Machado e Turuçu. O processo de gestão dos resíduos também foi alvo de estudos acadêmicos na elaboração de trabalhos de conclusão de curso de graduação e pós – graduação”, comentou Natali.

Em virtude da elaboração do plano de saneamento básico municipal, tem-se realizado diversos estudos sobre a gestão dos resíduos municipais. O levantamento qualitativo e quantitativo encontra-se em processo de conclusão, onde será possível identificar a característica dos resíduos gerados, o que proporcionará embasamento para a elaboração de projetos na busca de captação de recursos através da parceria firmada com a Universidade Federal de Pelotas.

“Visando melhorar o processo de coleta seletiva, o município estará modificando os dias de coleta. Em breve será divulgado as alterações, e pedimos a colaboração da comunidade para que participem”, finalizou a diretora.

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.