Dono do Bauru na Caixinha já prestou depoimento e está com familiares

Carro do empresário Vinícius Rache foi encontrado na Quitéria, interior do município, e já está em casa com os familiares; veículo foi interceptado pela PRF no Mato Grosso do Sul

Atualizada às 18h06

Vinícius Rache é dono do estabelecimento Bauru na Caixinha, que tem comércio em Pelotas e Rio Grande (Foto: Divulgação)
Vinícius Rache é dono do estabelecimento Bauru na Caixinha, que tem comércio em Pelotas e Rio Grande (Foto: Divulgação)

O empresário Vinícius Rache, desaparecido desde a noite de quarta-feira (19), foi encontrado. Ele estava desaparecido desde a noite de quarta-feira (19). A informação parte da 3ª Delegacia de Polícia de Rio Grande, que cuida da investigação. A delegada responsável foi ao encontro de Vinícius, que já está em casa com os familiares.

Na manhã desta sexta-feira o delegado regional da Polícia Civil no Rio Grande, Elione Lopes, promete conceder coletiva de imprensa, na qual pretende dar mais detalhes sobre o crime.

Informações da família, ainda não confirmadas pela polícia, dão conta de que o empresário – dono do Bauru na Caixinha – foi mesmo sequestrado. Ele acabou dopado pelos sequestradores e foi deixado na Quitéria, localidade no interior do município, amarrado.

O carro de Vico – como ele é conhecido – foi encontrado no Mato Grosso do Sul. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) estava monitorando o automóvel desde esta manhã. A caminhonete foi interceptada no município de Mundo Novo, que faz divisa com o Paraná. O homem que estava dirigindo foi preso pelos policiais.

O caso

Veículo do empresário foi encontrado no Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação/PRF) (Foto: Divulgação)
Veículo do empresário foi encontrado no Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação/PRF) (Foto: Divulgação)

Na manhã desta quinta-feira (20), uma publicação no Facebook com mais de dez mil compartilhamentos buscava informações sobre o paradeiro do empresário Vinicius Rache, dono do estabelecimento Bauru na Caixinha, que tem comércio no balneário Cassino, em Rio Grande, em Pelotas e também em Itajaí, Santa Catarina.

Segundo o post, Vico não entrava em contato desde a noite desta quarta-feira. Familiares receberam informações de que as câmeras do posto de pedágio do Capão Seco, na BR-392, entre Rio Grande e Pelotas, gravaram imagens do carro do empresário, uma Toyota Hilux 2016 preta de placas IWC4502. O veículo cruzou pelo local três vezes.

A primeira gravação foi feita às 22h e a última menos de uma hora depois. Ainda de acordo com a família, as imagens mostram o veículo com duas pessoas desconhecidas dentro, inclusive com uma delas no volante.

Fonte: Diário Popular

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.