Inter supera The Strongest e vai às oitavas da Libertadores

Valdívia sai do banco, marca e garante liderança do grupo ao Inter

O Internacional está entre as 16 melhores equipes das Américas. E com a vantagem de decidir em casa. Diante de 41 mil torcedores, a equipe comandada por Diego Aguirre venceu o The Strongest por 1 a 0 e encerrou a primeira fase da Libertadores na liderança do grupo 4, com 13 pontos.

O gol que garantiu mais três pontos ao Colorado na competição saiu do banco de reservas. Escalado como titular, Jorge Henrique deixou o campo aos 18 minutos do primeiro tempo e deu lugar para o predestinado Valdívia. Impetuoso, o Mago balançou as redes pela sétima vez na temporada e se isolou como artilheiro do time.

Com os cruzamentos de momento, o Colorado encara o Guaraní-PAR nas oitavas de final. No entanto, os jogos entre Atlético-MG e Colo-Colo (ás 19h45) e São Paulo e Corinthians (às 22h) podem modificar o chaveamento.

PRIMEIRO TEMPO

Aos 15 minutos da etapa inicial, Jorge Henrique combinou jogada com Geferson, que cruzou na cabeça de Sasha. O atacante ganhou no alto da zaga boliviana e testou na rede, mas pelo lado de fora. Dois minutos depois, Nilmar experimentou da intermediária, sem perigo. Aos 18, Jorge Henrique, mancando, deixou o campo para a entrada de um impetuoso Valdívia.

Em sua primeira participação no jogo, o Mago colorado descolou cruzamento para Nilmar, que completou de chapa para fora. Aránguiz, aos 30 minutos, bateu a alguns passos da área, a bola desviou na marcação e a sobra ficou com Valdívia. O meia disparou e Daniel Vaca teve que operar um milagre para evitar que o placar fosse aberto.

Na terceira tentativa, Valdívia não perdoou e marcou o seu segundo gol na Libertadores e o sétimo na temporada. Aos 40 minutos, Sasha avançou pelo flanco direito e suspendeu para o Mago, que emendou de pé direito para o fundo das redes. Na última chance da primeira etapa, D’Ale encontrou o goleiro adiantado e tentou surpreender por cobertura, mas exagerou na força.

SEGUNDO TEMPO

A etapa complementar iniciou da mesma maneira que terminou o primeiro tempo: com Valdívia responsável pelas principais ações ofensivas do Inter. Logo aos quatro minutos, o meia progrediu pelo lado direito de ataque e arriscou chute. A conclusão passou sobre o gol.

Aos 14, D’Alessandro se complicou e entregou a bola para Ramallo, que invadiu a área e obrigou Alisson a trabalhar. Aos 27 minutos, o capitão colorado, irreconhecível, deu mais um presente para o adversário. Cinco minutos depois, o camisa 10 cobrou falta por cima da meta defendida por Vaca.

Fonte: Rádio Gaúcha

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.