Morro Redondo é o segundo município do Estado que mais investiu no Programa Gaúcho de Microcrédito

Créditos/Foto: Letícia Santos/MRO
Créditos/Foto: Letícia Santos/MRO

Em um ato que aconteceu no Point Bar Restaurante e Pizzaria nesta segunda-feira (10), a Secretaria da Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa do RS (Sesampe) fez a entrega de cheques simbólicos para alguns dos micro e pequenos empresários que utilizaram até o momento o sistema de crédito disponibilizado através do Banco do Estado – Banrisul.

Segundo o titular da Sesampe Maurício Dziedrick, R$ 1 milhão e 300 mil já foram destinados ao município, atendendo 270 empresários de pequeno porte. Com o índice, Morro Redondo atingiu a marca do 2° município que mais investiu no microcrédito no Estado, desde abril de 2013, quando a parceria foi firmada entre a Prefeitura Municipal, Sesampe e a Crehnor (Sistema de Cooperativa de Crédito).

Em entrevista ao nosso site  Dziedricki anunciou ainda a liberação de mais R$ 1 milhão para Morro Redondo e comemorou o sucesso do programa. “Morro Redondo entra para a história ao atingir esta marca, relatou.

Para a empresária de pequeno porte Neusa Amaral Sias, 46, o programa é “tudo de bom” – nome que recebeu a sua loja de confecções no centro da cidade. “Se todos souberem investir em seus projetos, o pequeno valor pode se tornar um grande investimento”, comentou.

O valor que em 2013 foi de R$ 4 mil, a partir deste ano sobe para R$ 6 mil para os interessados em fazer  o financiamento que poderá ser utilizado para qualquer vínculo com a geração de renda.

O Programa Gaúcho de Microcrédito concedeu, de agosto de 2011 até agora, R$ 279,5 milhões em financiamentos para 45.834 empreendedores.  A rede de microcrédito está presente em 401 municípios gaúchos. É um instrumento utilizado pelos municípios nas suas políticas públicas em prol do desenvolvimento e para contribuir com a independência financeira dos seus empreendedores. O programa oferece valores de R$ 100,00 a R$ 15 mil, em até 24 vezes, com taxas de juros de 0,41 ao mês. Atende tanto ao empresário da cidade que está ainda na condição da informalidade, quanto da formalidade. E atende também microprodutores, agricultura familiar e o empresário do campo.

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.