Morro Redondo vai integrar o projeto da 1° Via Ecológica da América Latina

Representantes do projeto Pedal Curticeira e do Sebrae/RS apresentaram à prefeita de Pelotas Paula Mascarenhas, nesta quarta-feira (26), o projeto de criação da 1° Via Ecológica da América Latina denominada “Ecovia Serra dos Tapes”. A ação visa direcionar o turismo local ao segmento de cicloturismo e caminhadas na natureza para toda a região através do uso de meios de deslocamento não poluentes.

O projeto, que irá contar com apoio de dez empreendimentos nos municípios de Pelotas e Morro Redondo – ao longo do percurso, o visitante poderá desfrutar de experiências de sustentabilidade ecológica junto às famílias de agricultores e empreendedores rurais, contando com serviços específicos ao ciclista e ao caminhante de hospedagem, gastronomia, entre outros.

A previsão é de que o projeto seja lançado em março de 2018. O Sebrae já oferece atendimento com consultoria em gestão e criação de produtos e de serviços turísticos voltados ao cicloturista. A empresa Pedal Curticeira será a gestora da Ecovia e ficará responsável pelo lançamento do produto turístico no mercado nacional e regional.

Segundo o coordenador do Pedal Curticeira Leandro Karam, as prefeituras dos respectivos municípios irão dar suporte ao projeto desde a divulgação até a sinalização dos pontos. Sítio Amoreza, Café Paiol e Hotel Fiss – que integram o roteiro Morro de Amores – são alguns dos empreendimentos que irão receber o projeto.

Participaram do encontro o secretário da SDR, Jair Seidel; representante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sdet), Mariana Veiga; do Pedal Curticeira, Leandro Karam; o consultor de turismo do Sebrae, Maurício Schaidhauer; a coordenadora Estadual do Turismo do Sebrae/RS Amanda Paim, e a gestora de projetos do Sebrae na Região Sul, Jussara Argoud.

Com informações da Prefeitura de Pelotas

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.