Rio Grande e Pelotas registram mais de 2,3 mil casos de caxumba

Rio Grande e Pelotas registram 2.345 casos de caxumba desde o início do ano. Os dados são das secretarias da Saúde das duas cidades.

Em Rio Grande já foram notificados 1.517 casos da doença e 75 surtos – quando mais de três são infectadas em um mesmo local. A Vigilância está realizando a vacinação em empresas, escolas e universidades. Mais de cinco mil doses da vacina tríplice viral foram aplicadas nos últimos dois meses em postos de saúde e ações.

Em Pelotas, a Vigilância Epidemiológica registrou 828 casos do início do ano até meados de julho, com surtos, principalmente, na Universidade Católica de Pelotas (UCPel), na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), no Centro de Acolhimento Socioeducativo (Case) e Presídio Regional de Pelotas.  A Secretaria de Saúde identificou que 72% dos casos aconteceram na faixa etária de 15 a 29 anos.

A caxumba é uma doença infecciosa que atinge as glândulas salivares e pode causar complicações nos testículos e ovários.

Fonte: Rádio Gaúcha

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.