Subestação de energia será implantada em Morro Redondo

Foto: Assessoria Deputado Catarina
Para o prefeito de Morro Redondo, Rui Brizolara (DEM) o desfecho de um grave problema que se arrastou durante mais de 10 anos não poderia ter sido melhor no que diz respeito ao abastecimento de energia para o município.

Foi assinado na tarde de ontem (13/02) em Porto Alegre o projeto no valor de R$15 milhões referente a uma subestação da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) para a região sul que irá acabar com o problema enfrentando principalmente pelos agricultores na zona rural.

Morro Redondo hoje é abastecido pela alimentação da rede elétrica que vem do município de Pelotas e ao longo dos anos viu o problema de falta de luz se a agravar ainda mais com a existência de indústrias e também da Cosulati que necessitam de uma carga de energia muita alta principalmente em época de safra.

Segundo Brizolara, a luta pela subestação de energia vem de muitos anos. “Ainda no tempo do governo Olívio através do Orçamento Participativo, fizemos um projeto no valor de 300 mil para a implantação de um alimentador, pois já enfrentávamos dificuldades”.

Brizolara destacou ainda que na época as indústrias precisavam descaroçar o pêssego a mão, pois a carga de alimentação existente não permitia que o trabalho fosse realizado através da energia elétrica.

O projeto assinado pelo secretario de Infraestrutura e Logística do Estado Beto Albuquerque através de reunião solicitada pelo deputado Catarina Paladini (PSB) deve começar a ganhar forma nos próximos seis meses, e tem sua conclusão prevista para o fim de 2013 e irá atender também Arroio do Padre, Vila Freire e parte de Canguçu.

De acordo com o deputado, a instalação de uma subestação da CEEE, ao ampliar e qualificar o serviço nas cidades da região Sul, resolverá também os problemas crônicos de queda de energia nas zonas rurais, como é o caso dos municípios de Cerrito, Morro Redondo, São Lourenço e Arroio do Padre. “Estamos falando de uma situação caótica, que culmina em graves prejuízos aos pequenos produtores”, argumenta Catarina. 

Em entrevista ao nosso site Brizolara informou ainda que o gerente da CEEE – Regional/Pelotas Fabrício de Oliveira estará no município ainda hoje para analisar o local na VRS 302 (faixinha) onde o projeto será realizado e em seguida os engenheiros começarão a trabalhar no projeto.

O prefeito aproveitou a oportunidade para agradecer o apoio do secretário Beto Albuquerque por ter forçado o inicio das obras e também os vereadores do município que estiverem em diversas oportunidades na Capital buscando o recurso necessário para Morro Redondo.

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.