UFPel – Servidores decidem entrar em greve a partir de segunda



Os 1,5 mil servidores da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) retomam a greve a partir de segunda-feira (22). A decisão foi tirada em assembleia geral da categoria na tarde desta quinta, na sede da Associação dos Servidores da UFPel (ASUFPel). Os docentes aprovaram, por unanimidade, o indicativo de greve.

A representante da ASUFPel na Comissão Nacional de Negociação, Rosane Brandão, destaca que no dia 6 de junho, em assembleia, a categoria decidiu sair da greve. O motivo foi o anúncio do governo federal de não negociar com as instituições em greves. A reitoria será comunicada na sexta da greve e o servidores paralisam a partir de segunda.

ADUFPel
Os professores da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) participaram no final da tarde desta quinta, no auditório da Faculdade de Direito, de assembleia geral e aprovaram o indicativo de greve. 

O governo acenou com 4% de aumento na tabela de carreira do Magistério Superior, mantendo a incorporação da Gratificação por Exercício do Magistério Superior (Gemas) e da Gratificação de Atividade Docente do Ensino Básico, Técnico  e Tecnológico (GEBT) e deixando a correção das distorções ocorridas com a criação da classe de professor associado para um momento seguinte. O percentual começa a vigorar a partir de julho de 2012.

A assembleia também abordou a paralisação dos dias 23 e 24 e outros informes. Nesta sexta, em Brasília ocorre mais uma reunião de negociação entre o governo e o setor das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) do Sindicato Nacional dos Docentes (Andes).


Fonte: Diário Popular

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.