Uruguaio é encontrado em regime de escravidão em Santa Vitória

Na tarde desta quinta-feira (26) a Patrulha Rural da Brigada Militar de Santa Vitória do Palmarresgatou um uruguaio que estava em regime análogo a escravidão. Leandro Amélio Almado, 25, encontrava-se há 15 dias sem alimentação e há quatro meses sem receber. O homem foi achado em uma serralheria clandestina.

O resgate ocorreu após várias denúncias de moradores perto da serralheria, localizada no Corredor do Quitério, cerca de 40 km do centro de Santa Vitória, onde o uruguaio era mantido em estado de escravidão. Segundo a Patrulha Rural, Leandro foi encontrado em “estado deplorável de saúde”. Nos últimos 15 dias mantinha-se a base de água com açúcar, mate e, quando conseguia, um pouco de arroz.

O uruguaio trabalhava há seis meses no local e recebeu o salário referente apenas aos dois primeiros. Natural de Rocha, Leandro viva no Brasil, de forma ilegal, há três anos. O motivo que o fez cruzar a fronteira foi a busca por trabalho. Após ser resgatado pela polícia, Almado foi levado à Polícia Federal e deverá ser deportado para o Uruguai.

Fonte: Diário Popular

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.