Veja quem são os candidatos a senador pelo RS nas eleições de 2018

Com 14 nomes confirmados, o cenário eleitoral da disputa do Senado nas próximas eleições está definido no Rio Grande do Sul. As convenções partidárias que definem as nominatas para a disputa terminaram neste domingo (5). Os eleitores devem votar em duas pessoas.

Confira os nomes relacionados:

Beto Albuquerque (PSB)

Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Luis Macedo / Câmara dos Deputados

O PSB lançou candidatura de Beto Albuquerque para o senado durante convenção realizada em 21 de julho. No discurso, o candidato enfatizou a necessidade de renovação no Senado, “com garra e disposição, mas com experiência também”.

Carmen Flores (PSL)

Andréa Graiz / Agência RBS
Andréa Graiz / Agência RBS

A presidente do PSL será candidata ao senado pelo partido. O nome da empresária foi confirmada durante convenção do PSL em 30 de julho. Carmen quer entrar na disputa para garantir visibilidade ao candidato do PSL à Presidência Jair Bolsonaro.

Cléber Soares (PCB)

PCB / Divulgação
PCB / Divulgação

Foi anunciado como postulante ao Senado em 22 de julho pelo PCB. É servidor dos Correios, professor de História e militante da cultura popular.

Cleonice Back

Reprodução / Facebook
Reprodução / Facebook

O Partido dos Trabalhadores confirmou, na convenção do dia 5 de agosto, o nome de Cleonice Back como postulante a uma vaga no Senado nas eleições de outubro. Ela é secretária de políticas sociais da CUT-RS e coordenadora-geral da   Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar da Região Sul.

Everlei Martins (PC do B)

Divulgação
Divulgação

A convenção do PC do B, em 4 de agosto, definiu Everlei Martins como postulante a uma vaga no Senado. Martins foi vereador em Cruz Alta, é pedagogo e servidor público do Estado.

João Augusto Gomes (PSTU)

Reprodução / Reprodução
Reprodução / Reprodução

Companheiro de partido de Marli Schaule, também é candidato a uma vaga no Senado pelo PSTU. Foi candidato a deputado estadual do Rio Grande do Sul pela sigla socialista em 2014, mas não foi eleito. Obteve 91 votos.

José Fogaça (MDB)

Alex Ferreira / Divulgação
Alex Ferreira / Divulgação

O MDB confirmou, em 5 de agosto, a candidatura de José Fogaça ao Senado. O emedebista entra no lugar do ex-governador Germano Rigotto (MDB), que vai concorrer como vice na chapa de Henrique Meirelles na disputa pela Presidência. Fogaça foi Prefeito de Porto Alegre entre 2005 e 2009.

Luis Carlos Heinze (PP)

André Feltes / Agência RBS
André Feltes / Agência RBS

Luis Carlos Heinze abandonou o sonho de governar o RS e entrou na disputa ao Senado. Heinze tem simpatia manifestada nos últimos meses por Jair Bolsonaro (PSL), concorrente de Alckmin na corrida ao Palácio do Planalto. Foi prefeito de São Borja, na Fronteira Oeste, de 1993 a 1996.

Luiz Carlos Machado (DC)

Campanha PSL / Divugação
Campanha PSL / Divugação

O Democracia Cristã (DC) lançou a candidatura do atual presidente estadual do partido, Luiz Carlos Machado, ao Senado pelo partido em 28 de julho. Ele tem 63 anos e é natural de Santa Cruz do Sul.

Mario Bernd (PPS)

Reprodução / Reprodução
Reprodução / Reprodução

Mario Bernd foi anunciado pelo PPS para o Senado em 5 de agosto. Ex-deputado estadual, Bernd já concorreu ao Senado em 2006 e ficou em quarto lugar.

Marli Schaule (PSTU)

Reprodução / Reprodução
Reprodução / Reprodução

Marli Schaule foi confirmada como candidata do PSTU ao Senado. O anúncio foi feito durante convenção em 4 de agosto. Servidora pública aposentada, foi candidata a vice-prefeito de Passo Fundo pelo PSTU.

Paulo Paim (PT)

Pedro França / Divulgação
Pedro França / Divulgação

Durante a convenção do PT, realizada em 5 de agosto, Paulo Paim foi confirmado como candidato da sigla na corrida ao Senado. Deputado federal de 1987 a 2002, Paim está no segundo mandato.

Romer Guex (PSOL)  

Arquivo pessoal / Arquivo pessoal
Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

O Psol confirmou a candidatura de Romer Guex em 22 de julho. O advogado defende um plebiscito sobre a extinção do Senado. Ex-vereador em Viamão, ele trabalha na coordenação da bancada do partido na Câmara de Porto Alegre.

 Sandra Weber (Solidariedade)

Reprodução / Facebook
Reprodução / Facebook

A médica cardiologista Sandra Weber foi confirmada como candidata ao Senado pelo Solidariedade, na coligação que  tem como candidato ao governo do estado Jairo Jorge (PDT). Sandra já foi vereadora de São Gabriel e também vice-prefeita.

Redação

Todos os textos publicados no Morro Redondo Online podem ser copiados e reproduzidos livremente, no todo ou em parte desde que a fonte seja citada. Nosso Portal também não se responsabiliza pelos comentários dos leitores e a publicação de conteúdos assinados, e, ou, de outras fontes.